Arquivo da categoria: Comportamento

25
nov.

Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher: Sem comemorar, mas a refletir…

Marcelo Henrique “O progresso das luzes elevou o conceito da mulher”. Allan Kardec (Revue Spirite, Janeiro, 1866).

Leia o post
24
mar.

A escolha quântica.Quem escolhe?

Por Horácio R. L. Frazão Há uma diferença crucial entre decisão e escolha. Apesar de aparentar partir da mesma iniciativa são totalmente distintas.

Leia o post
16
out.

Não vou falar de política, vou falar de família, por Camila Oliveira

[ Camila Oliveira ] No nosso dia a dia, estamos tão focados nos números, nas porcentagens, nos dados e nos índices que esquecemos que eles são apenas representações numéricas de nossas famílias.

Leia o post
25
abr.

“Dra. Fraude” se candidata para vaga de editora

Representantes de conselhos editoriais de 360 revistas científicas de acesso aberto receberam em 2015 um e-mail de uma certa Anna Olga Szust, jovem professora do Instituto de Filosofia da Universidade Adam Mickiewicz, na Polônia.

Leia o post
18
jan.

Futuros alimentares

Por Rosa Alegria O ambiente alimentar começou a mudar há dez anos com o advento das redes sociais, que passaram a criar redes de consumidores ávidos por informação e engajados com a ideia de vida mais saudável

Leia o post
25
out.

O dia em que o mundo começou a acabar

Por Sebastião Nunes Os relógios pararam à 1h17. Um longo clarão atravessou o céu, seguido por uma série de pequenos abalos.

Leia o post
31
ago.

Esporte de “menininha” uma ova!

Por Manu Fernandes Espera, calma aí, não tem nada a ver com menininha, e sim com mulheres guerreiras no esporte.

Leia o post
29
mai.

Eu já fui homofóbica, por Gica Trierweiler Yabu

por Gica Trierweiler Yabu Meu nome é Gica e eu já fui homofóbica. Já ri de piadinhas (você sabe de que tipo de piada eu tô falando), já julguei alguém ser menos por ser gay, já pensei “que nojo!” e “que errado!”. Tudo isso eu já fiz. Até que. Pá. Não fui mais homofóbica e […]

Leia o post
26
abr.

Educar para a morte, Franklin Santana Santos

Franklin Santana Santos Educar para a morte é uma necessidade, diria mesmo uma urgência. Na nossa sociedade discutimos todo e qualquer assunto seja na rua, em casa, nas escolas e universidades, exceto a morte.

Leia o post
11
abr.

Amor e profundidade de entrega, por Rita Foelker

Rita Foelker Houve um tempo em que a gente é que entrava nas redes sociais. Hoje, ando pensando que algumas características das redes sociais é que estão invadindo as nossas vidas reais. E de um jeito muito ruim!

Leia o post