Quando rodar é o que importa




A start up Go! Motorrad oferece plataforma de serviços para usuários de motos BMW. [ Por Manoel Fernandes Neto ]

Pode ser 3.500 km pelo deserto do Atacama, na solidão das paisagens enigmáticas, pode ser nos horizontes bucólicos da Serra da Canastra; ou mesmo na mítica Rota 66, com suas lendas e realidade paralela. Ou pode ser somente em uma simples rodovia. Para Marcos Evangelista, dirigir uma motocicleta é paixão, presença: estar e não estar, ser e não ser, procurar aprendizados em velocidades constantes ou inconstantes, em momentos rápidos ou lentos. “Sou apaixonado pela liberdade e a solidão que a moto proporciona, mesmo estando acompanhado. Saber que vou andar de moto é saber que cada minuto será uma experiência única e exclusiva”, diz.

Profissional da área de marketing, com mais de 15 de experiência, Marcos, ou Marcão, como as pessoas o conhecem nos grupos em que participa, procurou unir este estado de espírito ao próprio negócio, ao criar uma start up voltada para os amantes de motociclismo: a Go! Motorrad.

A plataforma quer englobar em um único local os amantes dessa prática que utilizam os modelos BMW, que é cultuado por milhões de pessoas em todo mundo. Na Go! Motorrad, o motociclista vai encontrar diversos serviços e oportunidades para a prática do esporte, em forma de um Club, ou serviços avulsos em diversas área, tais como seguro, organização de rotas de viagens, importação de unidades e peças, acessórios, mecânica e manutenção, aluguel e compartilhamento de motos; transporte de motocicletas para outros locais, além de serviço especializado de consultoria e compra e venda de motos BMW.

Marcos explica a gênese da iniciativa:

“A Go! Motorrad nasceu a partir de uma necessidade que tive como consumidor: unir serviços em um só lugar, agregando confiança e pessoalidade como valores impulsionadores do negócio.”

unnamed (2)
Marcos (o mais alto) com amigos do BikeFest.

Essa relação próxima entre serviços e usuários de motocicletas, segundo Marcos, é algo que já acontece nas relações entre os apaixonados por motociclismo e o mercado. Cita, como exemplo, o encontro de motos na cidade de Tiradentes, Minas Gerais, o BikeFest, que ocorre há 25 anos ininterruptos.

“Frequento este evento há 12 anos e  a gente encontra as mesmas pessoas, nos mesmos lugares; o evento evolui sob os nossos olhares. A cidade construiu uma estrutura excelente, e a gente foi construindo durante todo este tempo fortes amizades com pessoas que encontramos presencialmente uma vez por ano na cidade, mas é como se tivéssemos visto esses amigos todos os dias.”

Para Marcos, esta é a essência do Go! Motorrad: criar vínculos afetivos entre o motociclista e os serviços necessários para manter a prática, tornando-os próximos e pessoais.

“Neste e em outros eventos similares, ficamos sempre na mesma pousada, conhecemos o dono da pousada, os donos do restaurante, a equipe do bar. Tem uma série de serviços que acontecem em todos esses anos repetidamente, porque as pessoas vão, criam vínculos de todos com todos. No fundo, esta é também a essência do Go! Motorrad: serviços especializados para quem tem a mesma paixão de cuidar e usufruir ao máximo os benefícios de uma BMW-Motorrad.”

Estrada, poeira, aventura, sol, luar, estrelas, vento, chuva, dor, prazer. Para Marcos, todos os sentidos tocam fundo na Go! Motorrad. “É uma plataforma de serviços para quem conhece todas as alegrias e os desafios de rodar”, explica.

Dessa forma, a start up quer ser o ponto de encontro para quem tem essa prática. “No antes, no durante e no depois. Isso se traduz em planejar onde você quer chegar, por onde você vai, o que encontrará pelo caminho e, tão importante quanto: ter histórias para contar.”

Marcos explica que a aceitação da ideia tem sido muito boa, a considerar que é um serviço novo para o nicho que tem a consciência das vantagens de um mundo em rede. “Tecnologia é algo inevitável, então queremos usá-la para proporcionar às pessoas que não vivem sem ela o que há do lado de fora dela. O projeto busca mais investidores para crescer no Brasil rapidamente. O lançamento do club está prevista para o segundo semestre”, explica.

Para Marcos, o importante mesmo é algo que transcende o ter uma marca específica ou não.

“Amamos a BMW, mas o importante é o gosto, a paixão, a tecnologia, estilo de pilotagem e locais a que sua moto pode levar. Como diz um velho amigo: não importa a marca ou a cilindrada, o que importa é ter duas rodas! O mais importante em tudo isso é pegar a estrada. Ou seja, o que importa mesmo é rodar. Bora rodar!”

Acesse o site: www.gomotorrad.com

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *